22nd nov2006

Caminhada Produtiva (Matéria antiga do site arpenpe.com.br)

por admin
Os escreventes dos cartórios extrajudiciais da capital, ao todo 150 pessoas, fizeram caminhada, dia 12 de setembro, coordenados pela escrevente do Quarto Tabelionato de Notas, Madalena Pereira e pelo Assessor Jurídico da Arpen/ PE e Anoreg/PE , Israel Guerra. A passeata se deu com o propósito de entregar, as autoridades competentes, o projeto de lei que visa aposentadoria dos escreventes e a proposta de aproveitamento dos mesmos no Fórum, de acordo com a lei complementar nº 28.
Desde que o IPSEP tornou-se FUNAFIN, os escreventes, em sua maioria concursados, foram proibidos de contribuir para sua aposentadoria sob a alegação de que essa classe não fazia parte do FUNAFIN. Desde então eles têm lutado para conseguir suas férias, abono salarial e aposentadoria, ou seja, cinco anos de luta, sendo remunerados apenas por atos (certidões, títulos, protestos) realizados, sem garantias futuras.
A caminhada começou às 11:30h saindo do prédio da Arpen/PE e Anoreg/PE rumo aos cartórios da capital afim de conseguir o máximo de escreventes na empreitada. Em seguida partiram para o TJPE, onde entregaram o projeto e a minuta ao Chefe de Gabinete, Flávio Regis. O mesmo foi feito até o Palácio da justiça, sendo os documentos entregues ao Chefe de Gabinete do Governador, Emanoel Paes Barreto. Por fim os escreventes foram recebidos pelo Procurador Geral, Francisco Sales, no Ministério Público.
Passeata produtiva, pois todas as autoridades prometeram estudar a documentação agora só resta esperar pelos resultados. Francisco Sales ainda prometeu dar celeridade ao caso renovando a esperança dos escreventes, que aguardam uma solução positiva.


Por: Iza Xavier

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *